Sobre Contos de Fadas I

Minha viajem acabou :{ 
Agora volto a postar normalmente no blog, e para começar vou dar início a uma série de rascunhos sobre algumas Histórias de Contos de Fadas, de uma forma contrária, mas realista, do que ouvimos por aí. 
Se você for realmente fã de Contos de Fadas, melhor nem ler, heim.

Nosso primeiro Conto de Fadas: Chapeuzinho Vermelho.


A primeira história escrita por Perrault era uma história para adulto, O capuz vermelho que acompanha a menina nas versões de Perrault e na dos Grimm, surge como símbolo da cor do sangue, da menstruação, cor da alma, da libido e do coração. O “Lobo Mau” na verdade é a figura de um homem. Só tempos depois os Irmãos Grimm alteraram seu conteúdo erótico e adaptaram às crianças numa época antes do século XVIII, ou seja, antes que a revolução burguesa modificasse o pensamento e o comportamento ocidental, e, portanto, modificasse a história bem mais próxima do que a conhecemos hoje.

“Certo dia, a mãe de uma menina mandou que ela levasse um pouco de pão e de leite para sua avó. Quando a menina ia caminhando pela floresta, um lobo aproximou-se e perguntou-lhe onde ia:
Para a casa da vovó – ela respondeu.
Por que caminho você vai, o dos alfinetes ou o das agulhas?
O das agulhas.
Então o logo seguiu pelo caminho dos alfinetes e chegou primeiro à casa. Matou a avó, despejou seu sangue numa garrafa e cortou sua carne em fatias, colocando tudo numa travessa. Depois, vestiu sua roupa de dormir e ficou deitado na cama, a espera.
Pam, pam !.
Entre, querida.
Olá vovó. Trouxe para a senhora um pouco de pão e leite.
Sirva-se também de alguma coisa. Há carne e vinho na copa.
A menina comeu o que lhe era oferecido e, enquanto o fazia, um gatinho disse:
Menina perdida! Comer a carne e beber o sangue da sua avó!
Depois o lobo disse:
Tire a roupa e deite-se na cama comigo.
Onde ponho o avental?
Jogue no fogo. Você não vai mais precisar dele.
Para cada peça de roupa – corpete, saia, anágua e meias – a menina fazia a mesma pergunta. E cada vez, o lobo respondia:
Jogue no fogo. Você não vai precisar mais dela.
Quando a menina se deitou na cama, disse:
Ah, vovó! Como você é peluda!
É para me manter mais aquecida, querida.
Ah, vovó! Que ombros largos você tem!
É para carregar melhor a lenha, querida!
(...) Até que ela perguntou:
Ah, vovó! Que dentes grandes você tem!
É para comer melhor você, querida!
E ele a devorou”.

GOSTOU?! xD

Aqui você encontra as versões dos Grimm e do Perrault.
Próximo Conto de Fadas a ser exibido aqui, será o da Bela Adormecida.
Nem vão perder por esperar! =D


Referências:

14 Observações:

jefferson 8 de janeiro de 2011 04:28  

\o esperando o próximo

luis eduardo 8 de janeiro de 2011 10:09  

hehe, Foi um bom post pra qm estava fora por um tempo o/, espero mais hehe

Felipe 8 de janeiro de 2011 10:20  

otimo post narinha, vc sabe que existem historias piores sobre contos de fadas né?? haeuhaeu poste elas depois haEUHAEUUEAU são bem piores que essas ;x gostei mesmo do post.
Continua assim narinhaa!! <3

# Fernanda Priscila 8 de janeiro de 2011 18:48  

hahaha... a história que eu li na infância era mais interessante ;p

Quero ver o próx! ;)

Bjss

Marcelo Duarte 9 de janeiro de 2011 23:13  

*Medo

Rs.

Larissa 11 de janeiro de 2011 04:10  

ahushsauhsuhusuhs
vc sabe que acabou com a magia da minha infancia neh ;D
ahsuashushushusahss te amo sz

J-Liee ;D 11 de janeiro de 2011 04:23  

indiee amei seu blog e nussa...interessante '-' beeem interessante =D gosteei \o/

Zé Pelarau 11 de janeiro de 2011 08:53  

uma vez eu tive uma palestra na faculdade sobre os personagens infantis... mas era em espanhol
muito bom o post

http://blogdopelarau.blogspot.com/

Abraao Manoel 11 de janeiro de 2011 12:07  

Menina me amarro em psicanálise, mas gosto mais das teorias de Carl Jung, tive uma idéia daquia há alguns dias vou colocar uma mensagem sobre um livro que eu li esses dias: Jung - O homem criativo.
Estes ultimos anos percebi que as pessoas andam se interessando por livros e filmes com personagens mitológicos (vampiros, anjos, feiticeiros), tudo isso Jung explica. Rsrs.
Passa lá no meu blog e dá uma lida sobre a sinópse do livro A batalha do apocalipse. Sucesso com seu blog, to te seguindo.
http://comentariosobrelivros.blogspot.com/

O mundo de cada um 11 de janeiro de 2011 17:16  

Até hoje é das histórias por mim preferidas.

Luh 16 de janeiro de 2011 20:50  

Esse período eu tive a oportunidade de estudar mais a fundo a psicanalise dos contos de fadas, li o livro de Bettelhein e é impressionante o quanto somos alheios as reais histórias que nos são contadas. A Disney idiotiza as crianças.

hugo 17 de janeiro de 2011 17:42  

Ah vovó, que clitóris grande você tem...

[:p]

hugo 17 de janeiro de 2011 17:44  
Este comentário foi removido pelo autor.
Branca 18 de janeiro de 2011 19:00  

Oo

*medo

Postar um comentário

"A palavra foi dada ao homem para explicar os seus pensamentos, e assim como os pensamentos são os retratos das coisas, da mesma forma as nossas palavras são retratos dos nossos pensamentos."
Jean Molière.

Estarei retribuindo seu comentário.

Um pouquinho sobre mim.

Minha foto
Campina Grande, Paraíba, Brazil
Meu nome é indígena e significa Deusa das Águas Claras. Tenho 21 anos e sou Estudante de Psicologia da UFCG e divido moradia com mais dois estudantes. Adoro animaizinhos,principalmente gatinhos! Sou muito introspectiva e pensativa, talvez por isso a idéia de montar um blog já que a escrita me satisfaz. Gosto de coisas estranhas, músicas estranhas,misticismo, filmes do Tim Burton e chocolate crocante. Adoro aprender, sou curiosa ao extremo e adoro discutir sobre assuntos interessantes. Gosto muito de ler (gosto que foi alimentado por um grande amigo), caso contrário, nem faria Psicologia! Adoro observar a água,porém, ainda não descobri o porquê.

Sobre o Projetando Rascunhos

Blog destinado à minha vontade de postar qualquer coisa que faça sentido para mim. Qualquer coisa mesmo! Até chocolate, quem sabe!
;*

Eles me seguem, me siga também